Telefone Bolsa Família: NÚMERO, CONSULTAS, 0800

As melhores formas de tirar dúvidas sobre o programa!

Há dois números de telefone do Bolsa Família caso você precise obter diferentes tipos de informações relacionadas ao benefício social.

Além dos contatos telefônicos, há alguns outros canais para buscar suporte, ficar por dentro do calendário de pagamento, valores, etc.

Confira a seguir quais são todos os contatos oficiais, formas de atendimento que o Bolsa Família não possui e também outras informações que podem te ajudar.

A seguir você verá:

  1. Telefone Bolsa Família
  2. 0800 Bolsa Família
  3. WhatsApp Bolsa Família
  4. Formulário de atendimento e chat Bolsa Família
  5. App Bolsa Família
  6. Central de ajuda do Bolsa Família
  7. Ouvidoria Bolsa Família
  8. Contatos do Bolsa Família
  9. Reclamações sobre o Bolsa Família

Embora não seja tão simples conseguir atendimento, há algumas opções e provavelmente em uma delas você conseguirá auxílio!

1. Qual é o número de telefone do Bolsa Família?

O número de telefone do Bolsa Família é 121. Ele está disponível de segunda a sexta-feira, das 07h às 19h, sábados, domingos e feriados nacionais, das 10h às 16h.

O contato em questão é o telefone do Ministério da Cidadania, e trata de assuntos relacionados ao Bolsa Família e outros programas sociais.

2. Qual é o número de telefone 0800 do Bolsa Família?

O número de telefone 0800 do Bolsa Família é 0800-726-0207. Ele presta atendimento eletrônico 24 horas por dia, todos os dias da semana. Já o atendimento humano está disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 21h, e aos sábados, das 10h às 16h.

Ao ligar no telefone do Bolsa Família você conseguirá tirar diversas dúvidas e tratar de assuntos relacionados ao benefício, seja através da assistente virtual ou então falando diretamente com um funcionário da central.

O 0800-726-0207 é também o número de telefone do INSS, o número de telefone do FGTS e de alguns outros programas e serviços administrados pela Caixa.

Ao ligar no SAC da Bolsa Família você terá acesso aos temas:

  • Tecle 1: para informações sobre benefício de preservação do emprego e da renda Ben
  • Tecle 2: para informações sobre abono salarial
  • Tecle 3: para informações sobre bolsas e demais programas sociais (é a opção do Bolsa Família)
  • Tecle 4: para falar sobre FGTS
  • Tecle 5: para falar sobre seguro desemprego
  • Tecle 6: para informações sobre Cartão Social e senha do cartão social
  • Tecle 7: para falar sobre INSS
  • Tecle 8: para falar sobre Seguro DPVAT
  • Tecle 9: para falar sobre informações de carácter público e cumprimento de lei de acesso à informação

Ao ligar no 0800 e escolher a opção relacionada ao Bolsa Família, você terá acesso aos tópicos:

  • Digite 2: para saber o dia de receber o Bolsa Família
  • Digite 3: para obter informações sobre Cartão Bolsa Família e senha
  • Digite 4: para saber se foi incluído no Bolsa família
  • Digite 5: para obter informações sobre o benefício social
  • Digite 6: para informações sobre o cadastramento para acesso ao App Bolsa Família
  • Digite 7: para informações sobre os demais programas sociais

Selecione a opção que melhor se enquadra no que você precisa no momento e vá seguindo os passos da assistente da Caixa. Caso seja necessário, em algum momento você conseguirá suporte humano.

3. Existe algum número de WhatsApp do Bolsa Família?

Não, no momento o programa Bolsa Família não conta com nenhum número oficial de WhatsApp voltado ao atendimento dos beneficiários ou a quaisquer outros tipos de assuntos.

Observação: é possível que você se informe sobre o benefício social através do número de WhatsApp da Caixa, que é +55 0800-104-0104, porém, só serão informações básicas relacionadas ao acesso e uso do aplicativo.

4. Formulário de atendimento do Bolsa Família

Também é possível tirar dúvidas, buscar orientações ou fazer solicitações relacionadas ao Bolsa Família através de um formulário de atendimento. Para acessá-lo, CLIQUE AQUI.

Já na página do formulário, selecione se você quer tirar dúvidas ou está em busca de orientações ou então a opção de solicitação (caso escolha ela, selecione o assunto Bolsa Família).

Preencha os campos com as informações solicitadas, resolva o CAPTCHA para provar que não é um robô, envie e aguarde a análise e retorno da central do benefício social.

Existe também a opção de chat do Bolsa Família?

Não, no momento não há a opção de buscar atendimento relacionado ao Bolsa Família através de chat.

5. Aplicativo do Bolsa Família

Caso você ainda não tenha o aplicativo do Bolsa Família, saiba que ele está disponível tanto para Android quanto para iOS, e é uma das maneiras mais práticas de você acompanhar o programa.

Passo a passo para acessar se cadastrar no App Bolsa Família:

  1. Faça download do aplicativo do Bolsa Família para Android (CLIQUE AQUI para baixar na Play Store) ou para iOS (CLIQUE AQUI para baixar na App Store)
  2. Abra o aplicativo e clique em Acessar/Consultar
  3. Caso você ainda não tenha uma conta, clique em “Cadastre-se”
  4. Preencha os campos com as informações solicitadas: CPF, nome completo, data de nascimento, endereço de e-mail válido, senha e resolva o CAPTCHA para provar que não é um robô
  5. Acesse o e-mail que você cadastrou e siga as instruções do e-mail [email protected] para confirmar seu cadastro
  6. Abra o aplicativo novamente e faça login na sua conta usando os dados que você cadastrou
  7. No aplicativo você terá acesso ao calendário, benefícios, etc.

6. Central de ajuda do Bolsa Família

A Caixa disponibiliza uma central de ajuda onde perguntas básicas relacionadas ao programa Bolsa Família são respondidas. Para acessá-la, CLIQUE AQUI.

Na página de suporte do Bolsa Família você encontrará informações sobre:

  • Quem pode receber o benefício
  • Onde é possível se cadastrar
  • Como saber se foi ou não selecionado para o programa
  • Como conseguir informações sobre o Cartão Bolsa Família
  • Onde efetuar o saque
  • Como sacar o valor do benefício sem o cartão
  • O que fazer se o benefício estiver bloqueado, suspenso ou cancelado
  • Como solicitar 2ª via do Cartão do Bolsa Família
  • Como gerar a senha do cartão
  • Como as famílias saem do programa

Caso nenhuma das informações da página sejam úteis para a sua necessidade, tente usar um dos canais mencionados acima.

7. Qual é o contato de Ouvidoria do Bolsa Família?

A Ouvidoria do Bolsa Família está disponível no número 121. Ele atende de segunda a sexta-feira, das 07h às 19h.

Esse é o contato geral da ouvidoria do Ministério da Cidadania, e também trata de assuntos relacionados ao Bolsa Família.

Antes de entrar em contato com a ouvidoria, lembre-se de:

  • Registrar sua manifestação no SAC e anotar os números do protocolo de atendimento
  • Aguardar o prazo para a resolução de sua demanda

Caso não saiba, resumidamente, a ouvidoria é um canal de segunda instância que tem o objetivo de receber reclamações, denúncias, etc., que não foram solucionadas nos canais convencionais.

Ela é o último meio que o cidadão deve recorrer antes de buscar ajuda na justiça.

8. Contatos do Bolsa família

Confira na tabela abaixo um resumo com os principais contatos oficiais para falar sobre o Bolsa Família, formas de atendimento que o benefício social não disponibiliza e também outros canais de informações.

Fale com o Bolsa Família Contato
Telefone Bolsa Família (SAC geral) 121
0800 Bolsa Família 0800-726-0207
Formulário de atendimento CLIQUE AQUI
WhatsApp Não possui
Email de atendimento Não possui
Chat Não possui
Central de ajuda CLIQUE AQUI
Consultar saldo, calendário, etc Através do App Bolsa Família ou do site da Caixa
Ouvidoria 121

Ficou em dúvida sobre alguma das informações da tabela? Leia novamente o tópico específico do artigo para encontrar mais detalhes.

9. Reclamações sobre o Bolsa Família

Há um grande número de reclamações sobre o Bolsa Família espalhadas pela internet, porém, o ministério responsável pelo benefício social não responde nenhuma delas em canais externos, buscando solucionar as demandas dos cidadãos apenas em canais próprios.

O suporte do ministério responsável pelo programa segue o mesmo padrão da grande maioria dos demais ministérios, empresas e órgãos públicos, buscando resolver todas as demandas no próprio SAC, sem responder em plataformas como o Reclame Aqui e outras do tipo.

Quais são as principais reclamações sobre o Bolsa Família?

As principais e mais recorrentes reclamações sobre o Bolsa Família são relacionadas a dificuldade para se cadastrar no programa, demora na análise para aprovação/liberação do benefício, demora para receber o cartão, cancelamento do benefício sem nenhum aviso ou motivo aparente, dificuldade para falar com alguém da área de atendimento, etc.

Saiba mais sobre o Bolsa Família (Auxílio Brasil)

Logo do Bolsa Família

O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda, direcionado às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o Brasil. Em todo o país, mais de 14 milhões de famílias são atendidas pelo programa.

Quem pode participar do programa Bolsa Família?

A população alvo do Bolsa Família é constituída por famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza. As famílias extremamente pobres são aquelas que têm renda mensal de até R$89,00 por pessoa. As famílias pobres são aquelas que têm renda mensal entre R$89,01 e R$178,00 por pessoa. Além disso, as famílias pobres participam do programa desde que tenham em sua composição gestantes e crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos.

Se sua família se encaixa em uma das faixas de renda definidas pelo programa, procure o setor responsável pelo Bolsa Família no seu município. É necessária a apresentação do documento de identificação.

Auxílio Brasil

Em 2021, o Governo Federal propôs a ampliação do Bolsa Família, criado em 2003, alterando o nome do programa para Auxílio Brasil.

De acordo com a Medida Provisória nº 1.061, o auxílio Brasil terá nove modalidades. São elas:

  • Benefício Primeira Infância: para as famílias que possuam em sua composição crianças com idade entre zero e 36 meses incompletos, pago por integrante que se enquadre em tal situação;
  • Benefício Composição Familiar: destinado às famílias que possuam, em sua composição, gestantes ou pessoas com idade entre 3 e 21 anos incompletos, pago por integrante que se enquadre em tais situações;
  • Benefício de Superação da Extrema Pobreza: passa a valer se, após computadas as situações anteriores, a renda mensal per capita da família ainda estiver abaixo da linha de extrema pobreza (não deve haver limitação relacionada ao número de integrantes do núcleo familiar);
  • Auxílio Esporte Escolar: para estudantes com idades entre 12 e 17 anos incompletos que se destaquem nos Jogos Escolares Brasileiros e já sejam membros de famílias beneficiárias do programa;
  • Bolsa de Iniciação Científica Júnior: para estudantes com bom desempenho em competições acadêmicas e científicas e que sejam beneficiários do programa;
  • Auxílio Criança Cidadã: para o responsável por família com criança de zero a 48 meses incompletos que conseguir fonte de renda, mas sem encontrar vaga em creches públicas ou privadas da rede conveniada;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Rural: aos agricultores familiares inscritos no Cadastro Único;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Urbana: destinado a quem estiver na folha de pagamento do auxílio Brasil e comprovar vínculo de emprego formal;
  • Benefício Compensatório de Transição: destinado a famílias que estavam na folha de pagamento do Bolsa Família e perderam parte do valor recebido na mudança para o auxílio Brasil.

Outros números relevantes:

Relate sua experiência

Por favor, digite seu relato
Por favor, digite seu nome aqui